Please reload

Posts Recentes

Os 5 Caminhos para suas Vendas Decolarem!

March 1, 2017

1/6
Please reload

Posts Em Destaque

Os 3 Tipos de Renda e a Conquista da Liberdade Financeira

 

Conquistar a liberdade financeira é o sonho da maioria das pessoas, e eu imagino que seja a o seu também, assim como é para mim.

 

Obter um fluxo contínuo de recursos financeiros, num valor mais do que suficiente para proporcionar a você e sua família uma boa qualidade de vida, sem que você tenha que se preocupar em gerar estes recursos, é a melhor definição de liberdade financeira que eu tenho.

 

A questão é como conseguir este fluxo de dinheiro de maneira consistente, um mês sim e o outro também?

 

Para isto, é necessário conhecer e compreender os 3 tipos de renda que você pode ter na sua vida.

 

O primeiro tipo é a Renda Ativa. É a renda que é proveniente da sua atividade profissional, do seu trabalho. Quando você trabalha para alguém ou para uma empresa, você recebe um salário. Enquanto estiver empregado, ou na ativa, você terá uma renda. Quando não tiver, não tem renda. Aqui se encaixam também os profissionais liberais, como arquitetos, advogados, médicos e outros.

 

Mas, e no caso do empresário? Ele tem uma renda ativa? Sim, ele pode ter, e se chama pró-labore. É a remuneração que o proprietário recebe por exercer sua função executiva no negócio, como gerente geral da empresa. Na verdade, a maioria dos donos de pequenos e médios negócios que eu conheço tem apenas esta renda, o que faz deles o que chamo de auto-empregados. Pode ser uma renda grande ou pequena, não importa. Mas para consegui-la terão que seguir trabalhando muitas horas por semana e sem férias muitas vezes.

 

O segundo tipo de renda é que chamo de Renda Empresarial. Esta renda é obtida por donos de empresas sólidas e rentáveis que distribuem seus lucros periodicamente. É o que se chama de dividendos!

 

Se você for hábil e competente para construir uma empresa com vendas e lucros sempre crescentes, sua renda empresarial irá crescer proporcionalmente. Mas lembre-se que ao construir esta empresa, ela deve ser capaz de funcionar sem você, senão você não terá tempo para usufruir e investir estes recursos. Muitos donos de negócio são centralizadores e constroem empresas dependentes da sua presença, virando escravos ricos.

 

Aqui acontece um fenômeno muito comum com empresários e empresárias que começam a ter uma renda empresarial expressiva: a síndrome do novo rico! Eles ou elas começam a “gastar” estes recursos como se eles fossem eternos e garantidos. Muitas vezes estes gastos são com coisas supérfluas ou com bens que vão gerar despesas, como casas de praia, carros de luxo, barcos, roupas, viagens, etc.

 

Não há nada de errado em querer ter estas coisas, mas lembre-se que os negócios têm altos e baixos, e a Renda Empresarial pode não ser tão grande para que você mantenha um custo de vida elevado.

 

O terceiro e último tipo de renda é a Renda Passiva. Esta é a renda que pode garantir a você a tranquilidade e a qualidade de vida que você deseja. Ela é proveniente dos ativos que você adquiriu ao longo do tempo.

 

Estes ativos podem ser físicos, como imóveis que geram renda de aluguel, ou financeiros que geram renda de juros. Quanto maior e mais rápida for a sua capacidade de adquirir ativos ao longo da sua vida profissional ou empresarial, maior será a sua renda ativa e mais cedo você poderá usufruir dela.

 

Um comportamento comum de pessoas muito ricas é que elas foram capazes de retardar a compra de bens e o consumo de coisas para poder comprar e acumular ativos que agora proporcionam sua liberdade financeira. Não importa o que aconteça, para estas pessoas o fluxo de dinheiro é contínuo e crescente

 

A maioria das pessoas e, em especial, os donos e donas de negócios, não conhecem ou não estão atentos a estes tipos de renda e, por isto, não tem uma estratégia clara para conquistar sua liberdade financeira.

 

O primeiro passo é você definir qual é valor da Renda Passiva que precisa ter, que lhe garanta uma boa qualidade de vida. O segundo passo é estabelecer um prazo para chegar neste valor. E por fim, definir e executar estratégias para alcança-lo.

 

Dificilmente você vai alcançar a liberdade financeira apenas trabalhando, nem para alguém, nem para você mesmo. É como diz o ditado: ninguém fica rico trabalhando.

 

O caminho para a liberdade financeira passa necessariamente pela construção de negócios sólidos, rentáveis e eficientes. E isto exige capacidade empreendedora e apetite pelo risco.

 

Qual é a sua escolha?

 

Sucesso Sempre!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga