Please reload

Posts Recentes

Os 5 Caminhos para suas Vendas Decolarem!

March 1, 2017

1/6
Please reload

Posts Em Destaque

Acerte o Passo da sua Empresa e Alcance suas Metas em 2017!

Eu acredito que sua empresa preparou um planejamento lá no final do ano passado para buscar o melhor resultado possível neste ano de 2017. Objetivos, metas e planos de ação foram traçados cuidadosamente e compartilhados com toda sua equipe. Todos se colocaram em movimento.

 

 

 

Agora, chegamos ao meio de 2017, e este é o momento para você fazer uma revisão deste plano.

 

Um dos indicadores que certamente você irá verificar é o nível de faturamento atingido, comparando com o que foi projetado lá trás. Mas eu quero recomendar que você olhe um pouco mais fundo neste número, e avalie alguns fatores que são críticos para o seu bom desempenho.

 

Primeiro, olhe para sua base de clientes ativos. Ela está crescendo, diminuindo ou está estável? Quanto clientes novos seu negócio foi capaz de atrair e converter no primeiro semestre deste ano? Quantos dos teus clientes que compraram em períodos anteriores continuaram comprando contigo este ano? Quais não voltaram? Quem são seus clientes Top 10 neste ano? São os mesmos do ano passado, ou isso mudou?

 

Ter uma base de clientes ativos crescente e ativa é um indicador de que seus processos de marketing (atrair) e vendas (converter) estão sendo eficazes, contribuindo para que suas metas de venda estejam sendo atingidas e superadas. Se os números são negativos, estes são indicadores que você dever ter uma atenção especial.

 

Agora, olhe para a relação de clientes que compraram da sua empresa este ano. Com que frequência eles compraram no semestre? E por mês? Este número aumentou ou diminuiu? E quanto eles têm gastado em médio por compra? Mais ou menos?

 

Ter clientes fiéis e frequentes é a melhor maneira de elevar a receita e os lucros da sua empresa. Sem falar que quanto mais eles voltam, maior o retorno no investimento de marketing feito pelo seu negócio. Se a frequência e o valor estão em alta, isto mostra que suas estratégias de retenção de clientes estão funcionando bem.

 

O outro indicador que você deve olhar é a sua margem de contribuição, aquela que sobra depois de pagar os custos variáveis do seu negócio, e que vai ajudar a pagar os custos fixos da operação. Como ela está? Crescente, estável ou em queda?

 

Para entender sua variação, é bom você olhar para a evolução dos seus preços e dos custos dos insumos que você utiliza, ou das mercadorias que você vende. Preços e custos andaram juntos? Ou você deixou de ajustar preços, mesmo com aumento de custos?

 

Ter uma política bem ajustada de preços e mark-ups é fundamental para a rentabilidade do negócio.

 

Por fim, uma avaliação das despesas fixas do negócio. Aquelas que são necessárias para manter a empresa aberta e operando, mesmo que ela não venda nada. Elas estão em linha com o planejado para o ano? Surgiram despesas inesperadas em relação ao plano? Houve aumentos acima do previsto? Como estas variações impactaram seu resultado operacional?

 

Há um ditado que gosto de usar. Despesas são como unha, você deve estar sempre cortando e limpando!

 

Sua empresa tem mais seis meses pela frente para buscar ou superar os resultados planejados para o ano. Bastante tempo para fazer os ajustes nas estratégias de negócio e impactar positivamente estes indicadores.

 

Você e sua empresa estão prontos para isto?

 

Sucesso Sempre!

 

P.S: Se você precisa de ajuda neste tema, ou em qualquer outra questão para o crescimento da sua empresa, agende comigo uma Sessão de Coaching de Cortesia.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga